ROADTRIP CALIFORNIA: ROTEIRO DE 3 DIAS EM SÃO FRANCISCO (DIA 2 – Golden Gate Bridge, Presidio and Palace of Fine Arts)

Golden Gate Bridge

IMG_2001No segundo dia em San Francisco visitamos a famosíssima Golden Gate Bridge. É minha segunda vez lá, mas eu estava morrendo de vontade de ir com meu marido. Uma das coisas que combinamos de fazer quando casamos foi passar por todos os lugares que já fui sozinha, com ele. E depois, ir a outros novos, juntos pela primeira vez. A cada ano que passa a nossa listinha fica menor.

A Golden Gate Bridge foi construída em 1937, e desde então se tornou a mais fotográfica e talvez a mais linda ponte já construída. Ela era, até o momento da sua inauguração a mais alta e mais longa, contendo 227 metros de altura e 1280 metros de extensão.

Houveram muitas idéias sobre qual cor colocar na ponte, mas finalmente a cor vencedora foi o Laranja, sugerida por Irving Morrow um dos arquitetos do projeto. E é justamente a sua cor única que faz a ponte tão diferenciada e inesquecível.

IMG_2040

IMG_2018

Fizemos todo o trajeto do segundo dia de carro, foi uma excelente decisão, porque tivemos muita facilidade para achar estacionamento a preços muito razoáveis. Talvez seja porque estávamos em baixa temporada, mas não foi nada como achávamos que seria e como nossas pesquisas nos mostraram. Foi rápido, simples e barato.

Bom, estacionamos o carro em dois estacionamentos diferentes para teremos uma boa vista da ponte, mas qualquer lugar de onde você venha, a medida que se aproxima da ponte, lugares de parking com sightseeing são indicados.

A partir do estacionamento mais próximo da Ponte, conseguimos por uma trilha chegar até ela. É uma caminhada leve de uns 15 minutos. Na ponte, você pode atravessa-la e ir até Sausalito, mas ela é muito extensa, então pense direito antes de se decidir por isso.

Uma das coisas que gostaríamos de fazer mas não tivemos a oportunidade foi o passeio de bike pela ponte (dessa forma é bem mais fácil chegar ao outro lado). A locação é de cerca $30 o período, então não é tão barato, mas certamente é um dos melhores passeios para se fazer na Golden Gate.

Independente de qual atividade você irá optar por fazer, o importante é não deixar de conhecer a ponte, andar por ela e ficar impressionado com a sua extensão e beleza. É um passeio bastante inesquecível e sem dúvida uma foto de cartão postal para você.

IMG_2055IMG_1991

Próximo a ponte tem um sightseeing com banquinhos e mesa pra apreciar a vista. Se você tiver um tempinho mais longo, ficar lá lendo um pouquinho ou só refletindo sobre a vida é bem gostoso e especial.

Depois de uma manhã toda andando, fomos tomar café lá pelas 11:30, eu já estava roxa de tanta fome e coloquei no Waze o primeiro Starbucks que eu achei, que coincidentemente foi em um lugar que eu nem havia ainda pensado em visitar.

Presidio of San Francisco

E foi assim, totalmente sem querer, que paramos no Presidio de San Francisco. Demoramos um tempão para entender exatamente onde estávamos e porque havia uma estátua do mestre Yoda logo na entrada, mas descobrimos que lá reside Lucas Film, uma produtora que fica dentro da Letterman Digital Arts Center.

Ficamos um tempinho naquela parque delicioso. É tudo muito calmo, pacífico e tão limpo e organizado. Foi uma delícia! Descobri vendo outros blogs que tem muito mais coisas pra fazer por lá do que eu conhecia, então, se tiver naquela região, entre no site do Idéias na Mala, pra fazer um roteiro bem detalhado (aliás, sou fã desse site, eles arrebentam!).

Tivemos um tempinho pra descansar antes de ir ao Palace of Fine Arts. Desfrutar de um tempo vendo os patinhos na lagoa (literalmente). Pra nós, brasileiros, é simplesmente CHOCANTE, ver a limpeza desses parques e como tudo é preservado. Queria que fossemos assim, teríamos lugares melhores para passear.

Ah! Esqueci de mencionar o estacionamento foi gratuito!

Palace of Fine Arts

Logo do ladinho (a uma distância a pé), você pode chegar ao Palace of Fine Arts. Mas, optamos por ir de carro até lá, e UAU! Que lugar lindo! Esse fantástico monumento foi erguido em 1915 para a exposição Panamá Pacífico exibindo as obras de arte apresentadas lá, ajudando toda a cidade a se reerguer novamente depois do terremoto de 1906. Porque o monumento não foi feito com intenção de durar mais do que um ano, os materiais começaram a se desgastar e em 1965 tudo foi destruído e reconstruído exatamente como o desenho original, adicionando o lago e os caminhos para trânsito de pessoas.

IMG_2102

IMG_2150

IMG_2138

A arquitetura e as artes são tão fantásticas e se tornaram tão queridas pela cidade que ao invés de serem demolidas após a exposição permaneceram como relíquia para San Francisco. A estrutura toda é impressionante e a visita é necessária!  Para os que não apreciam muito as artes já é incrível, para os apreciadores é impressionante.

IMG_2089IMG_2126IMG_2159

O dia terminou no fim da tarde e eu já estava exausta! =) foi um dia maravilhoso e muito corrido. Ao caminho de casa, passamos por dentro do Golden Gate Park (o qual falarei no próximo post) e em frente a praia (que eu nem sabia que tínhamos acesso de San Francisco). Um lugar maravilhoso.

ROADTRIP CALIFORNIA: ROTEIRO DE 3 DIAS EM SÃO FRANCISCO (DIA 1 TARDE – FISHERMANS WARF E ALCATRAZ)

Fisherman’s Warf

Fisherman’s Warf ou Embarcadeiro é um bairro bastante turístico de San Francisco, ele hospeda o famoso Pier 39 e 33 (saída para o Alcatraz), além de museus e a famosa Ghirardelli Square.

Depois de conhecermos a Lombart Street fomos descendo até chegarmos perto do porto, no Pier 47, foi uma andada boa e bem longa. Depois do primeiro dia percebemos que é uma questão muito relativa se vale a pena ou não andar de carro em San Francisco. Tínhamos três dias na cidade e estávamos programados para conhecer tudo de ponta a ponta, por isso, ficou bastante inviável usar o BART. Usamos no primeiro dia, mas nos outros, ficamos com nosso carrinho e foi excelente.

Exceto para passeios na Union Square (não recomendamos), mas em outros pontos, fora de temporada, você não vai encontrar problema algum para achar estacionamento público com uns preços bem modestos.

O embarcadoiro é como se fosse um grande mercado de rua, ao lado do porto, com muitas vozes, muitos barcos,  muita gente indo e voltando e muitos comércios. Se você deseja comer frutos do mar, peixes e etc, lá é lugar.

IMG_1659

IMG_1684

IMG_1699

IMG_1703

Algumas coisas interessantes pra se fazer no Embarcadeiro:

  • Visitar a Fábrica de Chocolate na Ghirardelli Square (900 North Point St). Os chocolates deles são maravilhosos, trouxemos para dar de presente e foi um sucesso.
  • Maritime Museum (2 Marina Boulevard, Building E, 2nd Floor) Free Admission. Aqui, você pode conhecer toda a história Marítima de São Francisco, caminhar no navio,  e ouvir muitas histórias sobre como tudo começou.
  • Whale Watch, andando pelos piers você verá diversas opções de empresa que fazem essa programação. Não fui ver as baleias em São Francisco, mas fiz esse passeio em Boston e é inacreditável.

PIER 39

Andamos um tantinho até chegarmos ao Pier 39. Há uns 3 anos atrás fiz esse mesmo passeio a San Francisco e visitei o Pier de noite, e seja de dia ou de noite, o lugar é delicioso para passear.

Ele é animado, cheio de vida, de música de boa comida e muitas lojas. Tudo é muito padronizado, de forma que o ambiente se torna muito bonito e acolhedor. Naquela tarde ensolarada e fria, ficar ouvindo a pianista tocar na praça do Pier, tomando um sorvete foi fantástico!

O QUE VOCÊ PODE FAZER POR LÁ?

Ver os Leões Marinhos 

IMG_1760

Desde Janeiro de 1989 depois que um pequeno terremoto atingiu a cidade de San Francisco uma turma de leões marinhos começaram a se acomodar no Pier 39. Em Janeiro do ano seguinte eles tomaram conta do deque e desde então lá tem sido sua morada.

Depois de muitos debates e muitas pesquisas os moradores e trabalhadores daquela região entenderam que o Pier oferecia um ambiente protegido e ideal para os leões marinhos. Lá, eles estavam a salvo de predadores e com suficiente comida disponível.

Desde então o Pier tem sido sua casa e de 300 leões Marinhos, hoje o Pier conta com quase 2000, variado de tempos em tempos essa quantidade devido ao processo padrão de migração.

Na frente dos Leões Marinhos tem uma grande plataforma que você pode ficar tranquilamente sentado enquanto observava a vida sossegada que eles levam.

No nível superior do deque, foi construído um Sea Lion Center pra você conhecer mais sobre esses visitantes, como vivem, o que fazem, suas características e etc. Vale a pena dar um pulinho lá.

Caminhar e Fazer compras

IMG_1722

Essa é a atração principal do Pier 39. Um local bem gostoso e cozy pra você passear de mãos dadas e comprar muitos souvenires para levar pra casa. De quebra você pode anda no Carrossel e parar para apreciar os artistas de rua.

Uma dica: escolha com bastante cuidado o local que vai comer. Como é um ponto muito turístico os preços costumam ser mais caros e turistas facilmente pagam mais por uma comida muito simples. Então, dê uma olhada no cardápio e faça uma escolha cuidadosa.

Visitar a Ilha de ALCATRAZ

Depois do almoço seguimos para o Pier 32, nosso ponto de encontro para o passeio ao Alcatraz. Essa foi a minha segunda vez em São Francisco e, dessa vez, eu não deixaria passar a experiência de conhecer um dos mais fantásticos presídios já feitos no mundo.

Uma nota importante: Se você não comprar ingresso antecipado é muito provável que você não consiga disponibilidade em cima da hora. Sugiro que você faça a compra dos seus bilhetes, pelo próprio site do Alcatraz, com cerca de dois meses de antecedência. No site você terá três opções de passeio: noite, dia e behind the câmeras. Os passeios de dia levam em média 3 horas (que facilmente se tornam 4). O passeio da noite é exatamente igual com o plus de ver toda a cidade de São Francisco à noite, do outro lado. E o passeio com o Plus te leva a lugares secretos e fechados do Alcatraz (bem dark, não?)

Bom, escolhemos o passeio a noite e foi fantástico. Primeiro que a visita ao Alcatraz é imperdível. Atravessamos o rio no finalzinho da tarde e começamos o passeio ao pôr do sol.

IMG_1809IMG_1811IMG_1814IMG_1816

A ilha de Alcatraz se tornou uma prisão no início de 1859. Na Guerra Civil os soldados desertados eram enviados para a Ilha para ficarem confinados. Mas foi só em 1915 que efetivamente Alcatraz foi renomeada como uma prisão americana.

Foi lá que os prisioneiros problemáticos e mais perigosos eram enviados, especialmente aqueles que tentavam fugir. Porque ficava na baía de San Francisco, circundada por pelas águas do Oceano Pacifico a chance de fuga era quase 0. Digo, quase, porque no final houveram algumas tentativas e provavelmente 2 com sucesso.

Personalidades como Al Capone foram encarcerados em Alcatraz. No tour que fizemos você conhece a história dele e de muitos outros presos relatando como haviam parado lá. O mais interessante é que os áudios foram gravados pelos próprios ex-presidiários ou ex- trabalhadores da Ilha, tornando a experiência toda muito real.

Depois de 14 tentativas de fuga em 1963 Alcatraz foi fechada, seu custo era muito alto e sua principal funcionalidade, fazer as fugas impossíveis, se tornou um fracasso. Presos de duas fugas nunca foram encontrados, eles podem ter morrido no mar ou terem com sucesso escapado da ilha (a segunda opção é a mais provável, uma vez que relatos sobre a nova vida desses presos chegaram até as autoridades americanas).

IMG_1848IMG_1864IMG_1922

Nosso passeio durou em média 4 horas, saímos de lá exaustos, mas foi realmente incrível. O preço é salgadinho mas o tour é muito completo, cheio de histórias e cheio de coisas intrigantes pra ver e conhecer. Logo no início do tour você recebe um fone para você acompanhar, sem necessidade de guia, toda a história da Ilha.

E porque escolhemos um tour noturno foi que tivemos ainda a oportunidade de ver San Francisco da Ilha, com suas cores vibrantes e cheia de vida. Foi uma vista fantástica e muito romântica. Se não fosse o vento cortante e o frio absurdo teríamos ficado mais tempo do lado de fora da prisão, apreciando aquele cenário.

Muitos exaustos terminamos nosso primeiro dia em São Francisco e amamos! Espero que tenham gostado e se quiserem mais sugestões ou tiverem algumas perguntas, só mandar, fico feliz em responder.

Até mais.

RoadTrip California: Roteiro de 3 dias em São Francisco (Dia 1 manhã – Union Square, Cable Car e Lombart Street)

Contamos no post anterior que saímos de Redding no final da tarde, três horas de viagem depois chegamos ao nosso destino.

A cidade de San Francisco é muito cara. Os valores das diárias em hotéis não são tão diferentes, mas nenhum deles possui café da manhã incluso e todos cobram o estacionamento a parte, que costuma ser, em média $28 a diária.

Continuar lendo